DESCOMPLICAndo – o flúor presente na água

1. A água fluoretada é uma medida de saúde pública recomendada pela Organização Mundial da Saúde que é realizada em muitos países, como Austrália, Estados Unidos, Irlanda, Nova Zelândia, além do Brasil. 

2. Tem como objetivo atuar em prol da saúde bucal favorecendo o processo de remineralização que ocorre no esmalte dental. 

3. O flúor da água é absorvido pelo estômago e retorna à cavidade bucal através da saliva.

4. Não oferece risco para a saúde geral da população, e possui uma ótima relação custo-benefício.

5. O método exige alguns cuidados quanto à manutenção e monitoramento dos níveis adequados.

6. O flúor só é tóxico em certas concentrações. Porém, os níveis recomendados para a fluoretação das águas são muito baixos, e NÃO expõem riscos à população.

7. O único problema desta medida é moral e relaciona-se à restrição da liberdade individual.

Fontes consultadas: Garbin et al., 2017. Fluoretação da água de abastecimento público: abordagem bioética, legal e política


ABOPED 

Uma consideração sobre “DESCOMPLICAndo – o flúor presente na água”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s