Quando os dentes surgem?

Os dentes de leite nascem, caem e são substituídos pelos dentes permanentes que nos acompanharão até a nossa velhice. Neste processo todo muitas vezes há uma certa confusão em relação aos nomes dos dentes e a idade em que aparecem, não é mesmo? Então, para facilitar seguem-se os esquemas ilustrativos com o nome de cada dente, a fase da troca e a idade com que surgem. Divirtam-se! 🙂

Imagens retiradas do Guia de Saúde Oral Materno-Infantil (link disponível na página Material Educativo do blog, confira!)

Aleitamento materno SIM!

Imagem Internet

O aleitamento materno é recomendado para TODAS as crianças, de maneira exclusiva até os 6 meses. Isso significa que NÃO é recomendado oferecer nenhum outro tipo de alimento e/ou líquidos neste período. Só o aleitamento materno é capaz de prevenir a obesidade, má oclusão dental, promover ganho de peso saudável, além de melhorar a aceitação de vegetais na infância. 😉

4 regras básicas para o controle da cárie

1- Limite o consumo de açúcar em alimentos e bebidas e evite açúcares livres para crianças com menos de 2 anos de idade.

2- Escove os dentes pelo menos duas vezes por dia com pasta fluoretada (1000 ppm de flúor) usando uma quantidade adequada de creme dental na escova.

3- Obtenha orientações preventivas já no primeiro ano de vida.

4- E finalmente…vá a um Odontopediatra para manutenção e cuidados preventivos.

Fonte consultada: Cárie na Primeira Infância: Declaração de Bangkok da IAPD - Pitts N, Baez R, Diaz-Guallory C, et al. Early Childhood Caries: IAPD Bangkok Declaration. Int J Paediatr Dent. 2019; 29:384-38

Cuidado com os bicos artificiais!

Imagem internet

O uso frenético de bicos artificiais (mamadeira e chupeta) traz muitos prejuízos para seu bebê. Há desmame precoce, alterações na arcada dental, disfunções respiratórias, mastigatórias, na fonoarticulação das palavras e acima de tudo, pode favorecer a dependência emocional grave da criança. Por isso, o uso deve ser feito com restrições, em casos específicos e ainda, ser eliminado o quanto antes. Vamos seguir esta ideia!

Leia mais em: https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/cuidados-com-o-bebe/uso-de-chupeta-os-pros-e-os-contras/

Vamos cuidar bem dos nossos pequenos!

Horas de sono e atividades físicas devem fazer parte da rotina das crianças (além de uma boa higiene bucal)! 😉

Leia abaixo o trecho da notícia imperdível publicada no BEM ESTAR – G1

Para crianças de até 1 ano é indicado (segundo a OMS):

  • Atividades físicas várias vezes ao dia de várias maneiras, particularmente através de jogos interativos no chão. Para aqueles que ainda não sentam ou andam, isso inclui pelo menos 30 minutos em posição de bruços ao longo do dia enquanto acordados.
  • Não deve ser contido por mais de uma hora por vez (por exemplo, carrinhos de bebê, cadeiras altas ou amarrados nas costas de um cuidador).
  • O tempo de tela (tablet, celular…) não é recomendado!
  • Ter 14 a 17 horas (0 a 3 meses de idade) ou 12 a 16 horas (4 a 11 meses de idade) de sono de boa qualidade, incluindo cochilos.

Para crianças de 1 a 2 anos:

  • Passar pelo menos 180 minutos em uma variedade de tipos de atividades físicas em qualquer intensidade, incluindo atividade física de intensidade moderada a vigorosa, distribuída ao longo do dia. Quanto mais melhor.
  • Não ficar contido por mais de uma hora por vez (por exemplo, carrinhos de bebê, cadeiras altas ou amarrado nas costas de um cuidador) ou sentado por longos períodos de tempo.
  • Para crianças de um ano de idade, o tempo de tela sedentário (como assistir TV ou vídeos, jogar jogos de computador) não é recomendado.
  • Para aqueles com 2 anos de idade, o tempo de tela sedentário não deve ser superior a 1 hora; menos é melhor.
  • Ter de 11 a 14 horas de sono de boa qualidade, incluindo sonecas, com períodos regulares de sono e despertar.

Para crianças de 3 a 4 anos:

  • Passar pelo menos 180 minutos em uma variedade de tipos de atividades físicas em qualquer intensidade, das quais pelo menos 60 minutos são atividades físicas de intensidade moderada a vigorosa, espalhadas ao longo do dia; mais é melhor.
  • Não ficar contido por mais de uma hora por vez (por exemplo, carrinhos de bebê, cadeiras altas ou amarrado nas costas de um cuidador) ou sentado por longos períodos de tempo.
  • O tempo de tela não deve exceder uma hora; menos é melhor.
  • Ter de 10 a 13 horas de sono de boa qualidade, que podem incluir um cochilo, com períodos regulares de sono e de despertar.

Veja a notícia completa clicando em: http://encurtador.com.br/dLOPX

Afinal, qual escova de dente comprar?

Sempre bate aquela dúvida, então vamos apresentar algumas escovas dentais disponíveis nos supermercados e farmácias e destacar os pontos importantes. *Atenção, isto não é merchandising!

A PRIMEIRA ESCOVA

Cuidados são essenciais para escolher a melhor escova para o bebê.


Oral-B Stages 1: 4-24 meses
Cerdas BEM macias e o cabo longo facilita a preensão do adulto para a escovação dos dentes do bebê. Limitação: a cabeça desta escova dental pode ser um pouco grande para algumas boquinhas dos bebês.
My First Colgate, 0 a 2 anos
Escova EXTRA suave, com o cabo anatômico, porém de comprimento menor, o que pode dificultar a preensão por um adulto.

Baby’s Brush – Escova de dentes para bebê MAM 6 +
Este novo modelo pode dificultar a utilização pelos pais devido ao comprimento menor do cabo

CK 4260 CURAkid – 0 a 6 anos
Possui cabeça anatômica e cabo num tamanho intermediário. Diferencial: indicada para bebês e crianças maiores (até 6 anos de idade).

SEGUNDA ESCOVA

A partir desta idade, a escolha do personagem da escova de dente ganha mais importância e serve até como um estímulo, mas não podemos esquecer que é fundamental escolher uma escova de cerdas bem macias e fazer a troca periodicamente.


Colgate® Smiles Personagens 2 a 5 Anos

Escova Dental Infantil Oral-B Stages 2: 2-4 anos

TERCEIRA ESCOVA

Última escova da fase infantil.


Escova Dental Infantil Oral-B Stages 3: 5-7 anos

Escova Colgate Smiles personagens 6+
Escova Bitufo Personagens acima de 5 anos

Já escolheu a sua? Então boas compras! 😉

*Atenção: verifique a idade indicada em cada embalagem