Dra. Tássia, o que fazer para aliviar o desconforto dos primeiros dentinhos nascendo?

Esta é uma fase temporária e todos os recursos são paliativos. O que normalmente acontece é que os dentinhos ao irromperem causam uma certa coceira. Por isso o bebê quer levar tudo a boca. O que alivia esta sensação na fase de erupção dental são alimentos mais frios, massagens no local e o uso dos mordedores infantis. O segredo é colocá-los na geladeira ou freezer por uns minutos e entregá-lo geladinho ao seu bebê.

E Dra. Tássia, precisa passar alguma pomada no local? NÃO. Lembro que é difícil controlar a quantidade aplicada, o que favorece a ingestão em excesso das pomadas anestésicas ou outros medicamentos pelo seu bebê.

Dra. Tássia, antibióticos prejudicam os dentes?

Não! Acontece que antigamente um antibiótico chamado tetraciclina era muito utilizado pelos pediatras e este antibiótico causava manchamento nos dentes, mas só isso! O que devemos saber, é que hoje os antibióticos tem um sabor agradável para as crianças, ou seja, eles contém muito açúcar na composição e por isso, escovar os dentes após o uso da medicação é fundamental!

Cuidado com a cárie na primeira infância (CPI)

Imagem retirada de Rev@odonto

A cárie na primeira infância refere-se a presença de 1 ou + dentes cariados, restaurados e até perdidos em crianças com menos de 6 anos de idade. Esta doença traz um grande impacto na qualidade de vida das crianças.

Além da má higiene oral, as crianças pequenas podem apresentar um padrão inadequado de amamentação. Muitos pais colocam a criança na cama para um cochilo com a mamadeira pendurada na boca. A criança adormece e o leite açucarado se espalha por toda a superfície dos dentes. Então, os micro organismos cariogênicos ‘atacam’ os dentes (produzem ácidos decorrentes da fermentação dos açúcares adicionados ao leite) e a doença progride rapidamente.

Assim, as recomendações para evitar a CPI incluem: limitar o consumo de açúcar em alimentos e bebidas em crianças com menos de 2 anos de idade, escovar os dentes duas vezes por dia com pasta fluoretada (ao menos 1000 ppm) usando uma quantidade
adequada e obter orientações preventivas no primeiro ano de vida com um Odontopediatra de confiança.

Dra. Tássia, quando começo a usar o fio dental na minha filha? Ele é mesmo importante?

Sim, o fio dental é muito importante! Só ele é capaz de remover os restos de comida que ficam presos entre os dentes. O não uso do fio favorecerá o aparecimento da cárie entre os dentes, a chamada cárie interproximal. Assim, é importante que ele seja introduzido desde cedo!


DICA DO

 Em alguns casos, mesmo que a criança tenha somente 1 ou 2 dentinhos (por volta dos 6-8 meses de idade) o fio dental pode ser utilizado para remover os resíduos de alimento da gengiva. Porém, a idade mais comum para o uso do fio dental é aos 28-30 meses de idade, quando a criança já tem a dentição decídua completa.

Dra. Tássia, é verdade que a cárie começa com uma mancha branca no dente?

Imagem retirada de blog.superdental

Sim, a primeira manifestação da doença cárie é uma mancha branca. Porém, o Odontopediatra precisa avaliar a mancha, pois ela pode estar ativa ou inativa. Se estiver inativa (ufa!) podemos todos ficar mais tranquilos, só continuar escovando muito bem. ††Mas, se a manchinha estiver ativa, alguns cuidados deverão ser tomados para evitar que a cárie progrida. Por isso é muito importante visitar o dentista!


DICA DO

Manchas brancas nos dentes podem significar outros problemas, como fluorose e hipoplasia de esmalte. Assim, o diagnóstico diferencial feito por um profissional é fundamental.