Dra. Tássia, para que serve o selante?

Slide1

1- O selante possui o objetivo de impedir o acúmulo de restos alimentares nos sulcos dos dentes posteriores.

2- Ele também facilita a higiene nas áreas retentivas, auxiliando na prevenção da doença cárie.

3- Porém, o selante tem indicações precisas e NÃO é indicado para todas as crianças.

CONSULTE UM(A) ODONTOPEDIATRA!

Dra. Tássia, criança também tem problema na gengiva?

Sim, a gengivite (inflamação da gengiva) pode ocorrer em qualquer faixa etária. A má higiene oral ocasiona o acúmulo de biofilme bacteriano na região cervical do dente (região próxima à gengiva). Os sinais são vermelhidão, edema e sangramento fácil. Quadro, que se não for cuidado poderá evoluir para uma periodontite, que é a perda óssea ao redor dos dentes.


DICA DO

Atenção especial deve ser dada às crianças e jovens que usam aparelhos ortodônticos, pois nestes casos, a higiene oral é mais complexa e dificultada!

Enxaguante bucal infantil, quando usar?

enxaguante-bucal-a-casa-o-banheiro-1335152.jpgExistem muitos enxaguantes disponíveis no mercado para o público infantil. Porém, deve se ter cuidado com a utilização em crianças devido ao risco de deglutição do produto. Em média, a idade para o início do uso do enxaguante com flúor é a partir dos 8 anos de idade, porém o ideal é sempre consultar o Odontopediatra para a recomendação correta.


DICA DO Leiam as recomendações do fabricante nas embalagens dos produtos e NUNCA deixem o enxaguante bucal ao alcance das crianças. Seu uso deve ser sempre controlado!

Cuidado com a cárie na primeira infância (CPI)

Imagem retirada de Rev@odonto

A cárie na primeira infância refere-se a presença de 1 ou + dentes cariados, restaurados e até perdidos em crianças com menos de 6 anos de idade. Esta doença traz um grande impacto na qualidade de vida das crianças.

Além da má higiene oral, as crianças pequenas podem apresentar um padrão inadequado de amamentação. Muitos pais colocam a criança na cama para um cochilo com a mamadeira pendurada na boca. A criança adormece e o leite açucarado se espalha por toda a superfície dos dentes. Então, os micro organismos cariogênicos ‘atacam’ os dentes (produzem ácidos decorrentes da fermentação dos açúcares adicionados ao leite) e a doença progride rapidamente.

Assim, as recomendações para evitar a CPI incluem: limitar o consumo de açúcar em alimentos e bebidas em crianças com menos de 2 anos de idade, escovar os dentes duas vezes por dia com pasta fluoretada (ao menos 1000 ppm) usando uma quantidade
adequada e obter orientações preventivas no primeiro ano de vida com um Odontopediatra de confiança.

Dra. Tássia, quando começo a usar o fio dental na minha filha? Ele é mesmo importante?

Imagem internet

Sim, o fio dental é muito importante! Só ele é capaz de remover os restos de comida que ficam presos entre os dentes. O não uso do fio favorecerá o aparecimento da cárie entre os dentes, a chamada cárie interproximal. Assim, é importante que ele seja introduzido desde cedo!

Em alguns casos, mesmo que a criança tenha somente 1 ou 2 dentinhos (por volta dos 6-8 meses de idade) o fio dental pode ser utilizado para remover os resíduos de alimento da gengiva. Porém, a idade mais comum para o uso do fio dental é aos 28-30 meses de idade, quando a criança já tem a dentição decídua completa.

Dra. Tássia, é verdade que a cárie começa com uma mancha branca no dente?

Imagem retirada de blog.superdental

Sim, a primeira manifestação da doença cárie é uma mancha branca. Porém, o Odontopediatra precisa avaliar a mancha, pois ela pode estar ativa ou inativa. Se estiver inativa (ufa!) podemos todos ficar mais tranquilos, só continuar escovando muito bem. ††Mas, se a manchinha estiver ativa, alguns cuidados deverão ser tomados para evitar que a cárie progrida. Por isso é muito importante visitar o dentista!


Manchas brancas nos dentes podem significar outros problemas, como fluorose e hipoplasia de esmalte. Assim, o diagnóstico diferencial feito por um profissional é fundamental.